[RPG]Sweet Love

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RPG]Sweet Love

Mensagem por BlackChoco em Seg Dez 25, 2017 11:57 pm

SINOPSE

Ah..a adolescência,a idade das espinhas, desilusões amorosas, brigas, conflitos internos..Mas também, a idade do amadurecimento, Do amor verdadeiro.. Seus pais te matricularam na escola Sweet Amoris, Está escola é conhecida por ser a primeira em educação e ect.... Mas, nesse ano as coisas serão bem diferentes.Venha se divertir em Sweet Amoris!

Regras

Sem Mimi-Mimi,sem troço de:''AHH! MAIS QUE PUTA,TÁ COM MEU PAQUERA!!''
Yaoi e Yuri permitidos,SIM!
Sem personagens de Origens divinas e nem Demônios e Anjos,todos os personagens serão H-U-M-A-N-O-S!!

Locais

Primeiro andar
-Recepcção
-Secretaria
-Enfermaria
-Sala dos professores
-Corredores
-Sala A

Segundo Andar
-Sala B
-Sala C
-Banheiro Feminino e Masculino
-Dormitórios Femininos
-Dormitórios Masculinos
avatar
BlackChoco
Bela dama
Bela dama

Mensagens : 242
Data de inscrição : 14/04/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG]Sweet Love

Mensagem por BlackChoco em Ter Dez 26, 2017 12:04 am

Ficha

Nome.Idade.Gênero:

FRASE QUALQUER

Nome:
Nome do personagem,origem do nome e significado.
Idade:
Sala A:16 anos
Sala B:17 anos
Sala C:18 anos

Gênero-Sexualidade:
Feminino ou Masculino.
-Heterossexual
-Bissexual
-Homossexual

Personalidade:
Comportamento,jeito de agir e ect...
História:
-Onde ela nasceu?
-Nome dos pais
- Como é o núcleo familiar? Brigavam? Eram unidos? Separados?
- A família era rica? Pobre?
- Como a personagem era na escola?
- Ela frequentava a escola ou estudou em casa?
- Ela sofreu algum acidente, perda ou trauma em sua vida?
- Ela se apaixonou por alguém alguma vez? Como foi o relacionamento?
Sigam esse guia se precisarem. eu usei muito ele quando preciso de ideia de história.

Ponto Fraco/Medo:
Auto-Explicativo
Nacionalidade:
Auto-Explicativo
Imagem:
Auto-Explicativo
Extras:
Auto-Explicativo
Código:
[spoiler=Nome.Idade.Gênero]
[center][h2][color=#000000]FRASE QUALQUER[/color][/h2]
[/center]
[center][color=#000000][b]Nome:[/b]
[i]...[/i]
[b]Idade:[/b]
[i]...[/i]
[b]Gênero-Sexualidade:[/b]
[i]...[/i]
[b]Personalidade:[/b]
[i]...[/i]
[b]História:[/b]
[i]...[/i]
[b]Ponto Fraco/Medo:[/b]
[i]...[/i]
[b]Nacionalidade:[/b]
[i]...[/i]
[b]Imagem:[/b]
[i]...[/i]
[b]Extras:[/b]
[i]...[/i][/color][/center][/spoiler]

Fichas aceitas

Sala A:
Femininas
Luna Edwards || 16 anos ||Feminino:

“Nolite te bastardes carborundorum. Don't let the bastards grind you down.”

― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale

Nome:

[...]This name has an aura around it, like an amulet, some charm that's survived from an unimaginably distant past. [...]
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale

Luna Calliope Edwards.

Luna significa "Lua", "a iluminada", "a feminina" e Calliope foi a musa da poesia épica, da ciência em geral e da eloquência e a mais velha e sábia das musas, e é considerada por vezes a rainha destas, o significado de seu nome é literalmente ''bela voz''.
Idade:

''Não tenho nenhuma ideia de quote, mas se ela tivesse 19 anos teria colocado ''I'm only nineteen but my mind is older'' mas como ela só tem 16 eu não sei :v''
-Eu

16 anos de idade, o seu aniversário é no dia 31 de outubro.
Gênero & Orientação Sexual:

"I can't 'man up', i'm a girl"
-Voltron: Legendary Defender

♀ - Cisgênero.
Pan·se·xu·a·li·da·de |cs| :
A pansexualidade é caracterizada pela atração sexual, romântica e/ou emocional independentemente da identidade de gênero do outro. Inclui, portanto, pessoas que não se encaixam na binária de gênero macho/fêmea
Personalidade:


“You can't help what you feel, but you can help how you behave”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale

Luna é uma garota gentil e impulsiva, sempre se esforçando para fazer o certo apesar de sua irresponsabilidade e da tendência de deixar que suas emoções tomem o melhor de si.
Também é uma pessoa tolerante e curiosa ao novo, sempre se esforçando para ver e aceitar as diferenças, além de sempre aprender coisas novas de todos ao seu redor.
História:

“It's impossible to say a thing exactly the way it was, because of what you say can never be exact, you always have to leave something out, there are too many parts, sides, crosscurrents, nuances; too many gestures, which could mean this or that, too many shapes which can never be fully described, too many flavors, in the air or on the tongue, half-colors, too many.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale

Luna nasceu na Inglaterra, sendo filha de Destry Johnson, Aaron Edwards e Klaus Grace.
Seus pais, Klaus e Aaron se conheceram na faculdade por causa de uma amiga em comum, Destry, que sempre fora próxima de ambos os homens e sempre teve o desejo de que ambos se conhecessem.
Não demorou muito tempo para que eles se apaixonassem, apesar de suas personalidades conflituosas eles pareciam verdadeiramente feitos um para o outro, e naturalmente, depois de anos e mais anos juntos, decidiram que seria hora de realizar um sonho que ambos compartilhavam:
Filhos.
Destry foi uma escolha natural para  uma barriga de aluguel, já que além  de próxima do casal sempre expressou o desejo de carregar as filhas de ambos.
Então assim aconteceu.
Nada de notável aconteceu durante a infância de Luna e suas irmãs, elas sempre foram criadas do amor e carinho e tiveram sempre a presença de Destry, já que a mesma nunca deixou de ser amiga de Aaron e Klaus.
As coisas só começaram a dar errado quando Luna completou seus 15 anos.
O clube de teatro da qual fazia parte havia sido fechado,já que a maior parte de seus membros haviam mudado de clube ou se formado no final do ano, e junto com ele, se foi o grupo de amigos Dela também.
Isso fez com que passasse mais tempo com Katheryne e Elaine, suas irmãs, e o grupo de amigos delas, mas ao perceber que não conseguia se encaixar muito bem com os amigos de suas irmãs decidiu simplesmente desistir de tentar e fazer o que fazia de melhor:
Fugir de seus problemas e procurar uma distração.
O seu maior refúgio naquela época eram jogos, qualquer um que pudesse lhe oferecer uma história interessante com personagens cativantes e lhe oferecesse um objetivo claro que ela pudesse tentar completar até que conseguisse um novo.
Tentar salvar a princesa, destruir a base da equipe rival, conseguir um objeto místico que fosse capaz de salvar o mundo...
Tudo isso lhe oferecia conforto o suficiente para que não tivesse que enfrentar mais a sua realidade solitária, mas ao mesmo tempo lhe afastava cada vez mais de sua realidade e se tornava uma obsessão cada vez mais difícil de curar com o passar do tempo.
A sua família estava preocupada, claro, mas o que poderiam fazer?
Foi quando o seu vício chegou em um pouco extremo que eles foram obrigados a agir, com a família concordando que, com todos os desatres ocorridos nas vidas pessoais de cada um, o melhor a se fazer seria recomeçar tudo em uma nova cidade, afinal, todos merecem um recomeço.
Ponto Fraco/Medo:


“To want is to have a weakness.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale

-Tem a tendência de fugir de seus problemas, às vezes da maneira mais literal o possível, por ter medo de que as coisas deem errado;
-Sofre de Aracnofobia e Clourofobia;
-Ama demais a sua família e amigos, eles são o seu maior ponto fraco (Principalmente as irmãs.)
Nacionalidade:


No quote, sorry q
-me (?)

Inglesa
Imagem:
Luna:


Extras:

-Passou algum tempo se recuperando de seu vício em Video games.
Atualmente ela tem inserido jogos lentamente a sua vida novamente, e apesar de ainda gostar muito de jogar encontrou outras atividades que ocupam o seu tempo;
-Tem dois Sugar Gliders (Rupaul e Jujubee) e um gato preto (Jiji);
-Suas bandas favoritas são Panic!At the disco, Little mix e Gorillaz;
-Geralmente é a irmã esquecida, mas não liga pra isso;
-É um projeto de Peggy q
-Luna ama literatura, música e teatro, são suas maiores paixões. [/color]
......
Masculinas
Sala B:
Femininas
.....
Masculinas
Sala C:
Femininas
Katheryn Edwards ✕ 18 anos ✕ Feminino:


❝ʸᵒᵘ ᵃᶰᵈ ʸᵒᵘʳ ʷᵒʳᵈˢ ᶠᶫᵒᵒᵈᵉᵈ ᵐʸ ˢᵉᶰˢᵉˢ
ʸᵒᵘʳ ˢᵉᶰᵗᵉᶰᶜᵉˢ ᶫᵉᶠᵗ ᵐᵉ ᵈᵉᶠᵉᶰˢᵉᶫᵉˢˢ
ʸᵒᵘ ᵇᵘᶦᶫᵗ ᵐᵉ ᵖᵃᶫᵃᶜᵉˢ ᵒᵘᵗ ᵒᶠ ᵖᵃʳᵃᵍʳᵃᵖʰˢ
ʸᵒᵘ ᵇᵘᶦᶫᵗ ᶜᵃᵗʰᵉᵈʳᵃᶫˢ
ᴵ’ᵐ ʳᵉ⁻ʳᵉᵃᵈᶦᶰᵍ ᵗʰᵉ ᶫᵉᵗᵗᵉʳˢ ʸᵒᵘ ʷʳᵒᵗᵉ ᵐᵉ
ᴵ’ᵐ ˢᵉᵃʳᶜʰᶦᶰᵍ ᵃᶰᵈ ˢᶜᵃᶰᶰᶦᶰᵍ ᶠᵒʳ ᵃᶰˢʷᵉʳˢ
ᴵᶰ ᵉᵛᵉʳʸ ᶫᶦᶰᵉ
ᶠᵒʳ ˢᵒᵐᵉ ᵏᶦᶰᵈ ᵒᶠ ˢᶦᵍᶰ
ᴬᶰᵈ ʷʰᵉᶰ ʸᵒᵘ ʷᵉʳᵉ ᵐᶦᶰᵉ
ᵀʰᵉ ʷᵒʳᶫᵈ ˢᵉᵉᵐᵉᵈ ᵗᵒ
ᴮᵘʳᶰ❞


Nome:
Katheryn Edwards
Significa "pura" ou "casta". Katherine é a variante inglesa de Catarina, que surgiu através do nome grego Aikaterhíne, a partir da palavra kathará, que quer dizer "pura" ou "casta".
Na Inglaterra, tem sido comum desde o século XII, com diversas grafias diferentes, e juntamente com a variante Catherine, se tornaram padrão no final da Idade Média.

Idade:
18 anos. Nascida dia 3 de Agosto, no ano de 1999.
Gênero-Sexualidade:
Feminino-Bissexual.
Personalidade:
Katheryn é conhecida por um comportamento extrovertido e por ser meio louca das ideias, sempre animada e dona dum bom coração. Ela sempre possuiu uma facilidade imensa em fazer amizades, mesmo assim, ganhar a confiança dela é o complicado.. Ela possui uma extrema dificuldade em confiar verdadeiramente nas pessoas, sendo agressiva e até fria com estranhos. “Kathe”, como é chamada pelos familiares e por amigos próximos, é dona duma facilidade imensa em aprender temas variados, possuindo uma excelente memória. É extremamente amável com suas irmãs,e possuindo um carinho a mais por Luna,Mas, deixando de lado as qualidades, Katheryn é conhecida por ter o comportamento “Bomba”: se alguém  faz algo que ela simplesmente não suporta,em menos de 5 minutos,teremos uma Katheryn irritada e vermelha de raiva.
História:
Katheryn nasceu em Paris,França,dia 3 de agosto, Filha de Mariah Beaumont e James Clifford; Katheryn cresceu num ambiente não muito adequado para uma criança. Sua mãe era espancada diariamente e seu pai era alcoólatra. Mas a pequena Katheryn se adaptou a situação,mesmo que a desconfortasse ver sua mãe com um olho roxo e chorando..
Seus pais acabaram por se mudar para a Inglaterra. Katheryn,ao contrário de muitas crianças, estudava só em casa com sua mãe, e bem, durante um dia, Sua mãe foi espancada pelo seu pai,não era novidade,mas,digamos que ele “exagerou” e tiveram que a levar para o Hospital. Mariah faleceu devido as agressões. Seu pai viu que não tinha condições e nem vontade de criar a menina, colocando-a num orfanato.Em seis de julho de 2009,Katheryn foi adotada por Klaus Grace & Aaron Edwards. Kathe conheceu sua irmãzinha mais nova,Luna e sua outra irmã,Elaine. Katheryn se deu bem de cara com elas e sentiu um imenso afeto por elas. Alguns milhões de anos depois(só que não), Katheryn,com 16 anos, conheceu quem viria a ser seu primeiro namorado. Passaram 1 ano juntos..até Katheryn descobrir que ele a traia com sua melhor amiga;Elizabeth.E desde então,perdeu a confiança nas pessoas,mesmo que Elizabeth se esforçasse para continuar com a amizade e sempre que a visse, pedia desculpas e perdão..
Mas;como Luna disse;Nunca é tarde para um recomeço.

Ponto Fraco/Medo:
Sofrer a mesma decepção que sofreu com seu ex-namorado e melhor amiga.
Nacionalidade:
Francesa
Imagem:

Extras:
➟ Irmã de Luna & Elaine
➟ Comida preferida: Lasanha
➟ Possui uma cadela chamada Choco, raça: cavalier king charles spaniel.

➟ Ela reagiu á traição dum jeito ''engraçado'':pegou tudo relacionado ao seu namorado e amiga(fotos,cartas,bilhetinhos..) e jogou na lareira,e sentou-se observando queimar.
➟ Ironicamente; ela nem devia ficar irritada com seu namorado por ter publicado no jornal da escola a história toda;pois que nem ele,possui uma certa paranoia sobre como as pessoas a veem.
➟ Ama musicais,sendo uma grande fã de Hamilton.

❝ᴵ’ᵐ ᵉʳᵃˢᶦᶰᵍ ᵐʸˢᵉᶫᶠ ᶠʳᵒᵐ ᵗʰᵉ ᶰᵃʳʳᵃᵗᶦᵛᵉ
ᴸᵉᵗ ᶠᵘᵗᵘʳᵉ ʰᶦˢᵗᵒʳᶦᵃᶰˢ ʷᵒᶰᵈᵉʳ ʰᵒʷ ᴷᵃᵗʰᵉʳʸᶰ
ᴿᵉᵃᶜᵗᵉᵈ ʷʰᵉᶰ ʸᵒᵘ ᵇʳᵒᵏᵉ ʰᵉʳ ʰᵉᵃʳᵗ
ʸᵒᵘ ʰᵃᵛᵉ ᵗᵒʳᶰ ᶦᵗ ᵃᶫᶫ ᵃᵖᵃʳᵗ
ᴵ ᵃᵐ ʷᵃᵗᶜʰᶦᶰᵍ ᶦᵗ ᵇᵘʳᶰ
ᵂᵃᵗᶜʰᶦᶰᵍ ᶦᵗ ᵇᵘʳᶰ
ᵀʰᵉ ʷᵒʳᶫᵈ ʰᵃˢ ᶰᵒ ʳᶦᵍʰᵗ ᵗᵒ ᵐʸ ʰᵉᵃʳᵗ
ᵀʰᵉ ʷᵒʳᶫᵈ ʰᵃˢ ᶰᵒ ᵖᶫᵃᶜᵉ ᶦᶰ ᵒᵘʳ ᵇᵉᵈ
ᵀʰᵉʸ ᵈᵒᶰ’ᵗ ᵍᵉᵗ ᵗᵒ ᵏᶰᵒʷ ʷʰᵃᵗ ᴵ ˢᵃᶦᵈ
ᴵ’ᵐ ᵇᵘʳᶰᶦᶰᵍ ᵗʰᵉ ᵐᵉᵐᵒʳᶦᵉˢ
ᴮᵘʳᶰᶦᶰᵍ ᵗʰᵉ ᶫᵉᵗᵗᵉʳˢ ᵗʰᵃᵗ ᵐᶦᵍʰᵗ ʰᵃᵛᵉ ʳᵉᵈᵉᵉᵐᵉᵈ ʸᵒᵘ
ʸᵒᵘ ᶠᵒʳᶠᵉᶦᵗ ᵃᶫᶫ ʳᶦᵍʰᵗˢ ᵗᵒ ᵐʸ ʰᵉᵃʳᵗ
ʸᵒᵘ ᶠᵒʳᶠᵉᶦᵗ ᵗʰᵉ ᵖᶫᵃᶜᵉ ᶦᶰ ᵒᵘʳ ᵇᵉᵈ❞

Masculinas[/color]


Última edição por Rin em Dom Dez 31, 2017 5:27 pm, editado 3 vez(es)
avatar
BlackChoco
Bela dama
Bela dama

Mensagens : 242
Data de inscrição : 14/04/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG]Sweet Love

Mensagem por LunaTheCookie em Qua Dez 27, 2017 7:30 pm

Luna Edwards || 16 anos ||Feminino:


“Nolite te bastardes carborundorum. Don't let the bastards grind you down.”

― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale



Nome:

[...]This name has an aura around it, like an amulet, some charm that's survived from an unimaginably distant past. [...]
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale


Luna Calliope Edwards.

Luna significa "Lua", "a iluminada", "a feminina" e Calliope foi a musa da poesia épica, da ciência em geral e da eloquência e a mais velha e sábia das musas, e é considerada por vezes a rainha destas, o significado de seu nome é literalmente ''bela voz''.

Idade:

''Não tenho nenhuma ideia de quote, mas se ela tivesse 19 anos teria colocado ''I'm only nineteen but my mind is older'' mas como ela só tem 16 eu não sei :v''
-Eu


16 anos de idade, o seu aniversário é no dia 31 de outubro.

Gênero & Orientação Sexual:

"I can't 'man up', i'm a girl"
-Voltron: Legendary Defender


♀ - Cisgênero.

Pan·se·xu·a·li·da·de |cs| :

A pansexualidade é caracterizada pela atração sexual, romântica e/ou emocional independentemente da identidade de gênero do outro. Inclui, portanto, pessoas que não se encaixam na binária de gênero macho/fêmea

Personalidade:


“You can't help what you feel, but you can help how you behave”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale


Luna é uma garota gentil e impulsiva, sempre se esforçando para fazer o certo apesar de sua irresponsabilidade e da tendência de deixar que suas emoções tomem o melhor de si.
Também é uma pessoa tolerante e curiosa ao novo, sempre se esforçando para ver e aceitar as diferenças, além de sempre aprender coisas novas de todos ao seu redor.

História:

“It's impossible to say a thing exactly the way it was, because of what you say can never be exact, you always have to leave something out, there are too many parts, sides, crosscurrents, nuances; too many gestures, which could mean this or that, too many shapes which can never be fully described, too many flavors, in the air or on the tongue, half-colors, too many.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale


Luna nasceu na Inglaterra, sendo filha de Destry Johnson, Aaron Edwards e Klaus Grace.
Seus pais, Klaus e Aaron se conheceram na faculdade por causa de uma amiga em comum, Destry, que sempre fora próxima de ambos os homens e sempre teve o desejo de que ambos se conhecessem.
Não demorou muito tempo para que eles se apaixonassem, apesar de suas personalidades conflituosas eles pareciam verdadeiramente feitos um para o outro, e naturalmente, depois de anos e mais anos juntos, decidiram que seria hora de realizar um sonho que ambos compartilhavam:
Filhos.
Destry foi uma escolha natural para  uma barriga de aluguel, já que além  de próxima do casal sempre expressou o desejo de carregar as filhas de ambos.
Então assim aconteceu.
Nada de notável aconteceu durante a infância de Luna e suas irmãs, elas sempre foram criadas do amor e carinho e tiveram sempre a presença de Destry, já que a mesma nunca deixou de ser amiga de Aaron e Klaus.
As coisas só começaram a dar errado quando Luna completou seus 15 anos.
O clube de teatro da qual fazia parte havia sido fechado,já que a maior parte de seus membros haviam mudado de clube ou se formado no final do ano, e junto com ele, se foi o grupo de amigos Dela também.
Isso fez com que passasse mais tempo com Katheryne e Elaine, suas irmãs, e o grupo de amigos delas, mas ao perceber que não conseguia se encaixar muito bem com os amigos de suas irmãs decidiu simplesmente desistir de tentar e fazer o que fazia de melhor:
Fugir de seus problemas e procurar uma distração.
O seu maior refúgio naquela época eram jogos, qualquer um que pudesse lhe oferecer uma história interessante com personagens cativantes e lhe oferecesse um objetivo claro que ela pudesse tentar completar até que conseguisse um novo.
Tentar salvar a princesa, destruir a base da equipe rival, conseguir um objeto místico que fosse capaz de salvar o mundo...
Tudo isso lhe oferecia conforto o suficiente para que não tivesse que enfrentar mais a sua realidade solitária, mas ao mesmo tempo lhe afastava cada vez mais de sua realidade e se tornava uma obsessão cada vez mais difícil de curar com o passar do tempo.
A sua família estava preocupada, claro, mas o que poderiam fazer?
Foi quando o seu vício chegou em um pouco extremo que eles foram obrigados a agir, com a família concordando que, com todos os desatres ocorridos nas vidas pessoais de cada um, o melhor a se fazer seria recomeçar tudo em uma nova cidade, afinal, todos merecem um recomeço.

Ponto Fraco/Medo:


“To want is to have a weakness.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale


-Tem a tendência de fugir de seus problemas, às vezes da maneira mais literal o possível, por ter medo de que as coisas deem errado;
-Sofre de Aracnofobia e Clourofobia;
-Ama demais a sua família e amigos, eles são o seu maior ponto fraco (Principalmente as irmãs.)

Nacionalidade:


No quote, sorry q
-me (?)


Inglesa

Imagem:
Luna:



Extras:


-Passou algum tempo se recuperando de seu vício em Video games.
Atualmente ela tem inserido jogos lentamente a sua vida novamente, e apesar de ainda gostar muito de jogar encontrou outras atividades que ocupam o seu tempo;

-Tem dois Sugar Gliders (Rupaul e Jujubee) e um gato preto (Jiji);

-Suas bandas favoritas são Panic!At the disco, Little mix e Gorillaz;

-Geralmente é a irmã esquecida, mas não liga pra isso;

-É um projeto de Peggy q

-Luna ama literatura, música e teatro, são suas maiores paixões. [/color]




Code:

Código:
[spoiler=Luna Edwards || 16 anos ||Feminino]
[center][img]http://bestanimations.com/Books/finger-passes-along-book-spines-library-animated-gif.gif[/img][/center]

[center][color=#339966][font=Courier NEW][color=#990000][size=16]“Nolite te bastardes carborundorum. Don't let the bastards grind you down.” [/size]
[size=13]
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale[/size][/color][/font][/color]
[/center]


[center][color=#006699][b]Nome:[/b][/color][i][font=Courier New]
[size=13][color=#990000]
[...]This name has an aura around it, like an amulet, some charm that's survived from an unimaginably distant past. [...]
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale[/color][/size][/font]

[color=#006699][i]Luna Calliope Edwards.
[/i][/color]
Luna significa "Lua", "a iluminada", "a feminina" e Calliope foi a musa da poesia épica, da ciência em geral e da eloquência e a mais velha e sábia das musas, e é considerada por vezes a rainha destas, o significado de seu nome é literalmente ''bela voz''.

[color=#006699][b]Idade:[/b][/color]
[font=Courier New]
[size=13][color=#990000][i] ''Não tenho nenhuma ideia de quote, mas se ela tivesse 19 anos teria colocado ''I'm only nineteen but my mind is older'' mas como ela só tem 16 eu não sei :v''
-Eu[/i][/color][/size][/font]

16 anos de idade, o seu aniversário é no dia 31 de outubro.

[color=#006699][b]Gênero & Orientação Sexual:[/b][/color][font=Courier New]
[size=13][color=#990000]
"I can't 'man up', i'm a girl"
-Voltron: Legendary Defender[/color][/size][/font]

♀ - Cisgênero.

[b]Pan·se·xu·a·li·da·de |cs| :[/b]

[i]A pansexualidade é caracterizada pela atração sexual, romântica e/ou emocional independentemente da identidade de gênero do outro. Inclui, portanto, pessoas que não se encaixam na binária de gênero macho/fêmea[/i]

[color=#006699][b]Personalidade:[/b]
[/color][i][font=Courier New]
[size=13][color=#990000]
“You can't help what you feel, but you can help how you behave”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale[/color][/size][/font][/i]

Luna é uma garota gentil e impulsiva, sempre se esforçando para fazer o certo apesar de sua irresponsabilidade e da tendência de deixar que suas emoções tomem o melhor de si.
Também é uma pessoa tolerante e curiosa ao novo, sempre se esforçando para ver e aceitar as diferenças, além de sempre aprender coisas novas de todos ao seu redor.

[color=#006699][b]História:[/b][/color]
[i][font=Courier New]
[size=13][color=#990000]“It's impossible to say a thing exactly the way it was, because of what you say can never be exact, you always have to leave something out, there are too many parts, sides, crosscurrents, nuances; too many gestures, which could mean this or that, too many shapes which can never be fully described, too many flavors, in the air or on the tongue, half-colors, too many.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale[/color][/size][/font][/i]

Luna nasceu na Inglaterra, sendo filha de Destry Johnson, Aaron Edwards e Klaus Grace.
Seus pais, Klaus e Aaron se conheceram na faculdade por causa de uma amiga em comum, Destry, que sempre fora próxima de ambos os homens e sempre teve o desejo de que ambos se conhecessem.
Não demorou muito tempo para que eles se apaixonassem, apesar de suas personalidades conflituosas eles pareciam verdadeiramente feitos um para o outro, e naturalmente, depois de anos e mais anos juntos, decidiram que seria hora de realizar um sonho que ambos compartilhavam:
Filhos.
Destry foi uma escolha natural para  uma barriga de aluguel, já que além  de próxima do casal sempre expressou o desejo de carregar as filhas de ambos.
Então assim aconteceu.
Nada de notável aconteceu durante a infância de Luna e suas irmãs, elas sempre foram criadas do amor e carinho e tiveram sempre a presença de Destry, já que a mesma nunca deixou de ser amiga de Aaron e Klaus.
As coisas só começaram a dar errado quando Luna completou seus 15 anos.
O clube de teatro da qual fazia parte havia sido fechado,já que a maior parte de seus membros haviam mudado de clube ou se formado no final do ano, e junto com ele, se foi o grupo de amigos Dela também.
Isso fez com que passasse mais tempo com Katheryne e Elaine, suas irmãs, e o grupo de amigos delas, mas ao perceber que não conseguia se encaixar muito bem com os amigos de suas irmãs decidiu simplesmente desistir de tentar e fazer o que fazia de melhor:
Fugir de seus problemas e procurar uma distração.
O seu maior refúgio naquela época eram jogos, qualquer um que pudesse lhe oferecer uma história interessante com personagens cativantes e lhe oferecesse um objetivo claro que ela pudesse tentar completar até que conseguisse um novo.
Tentar salvar a princesa, destruir a base da equipe rival, conseguir um objeto místico que fosse capaz de salvar o mundo...
Tudo isso lhe oferecia conforto o suficiente para que não tivesse que enfrentar mais a sua realidade solitária, mas ao mesmo tempo lhe afastava cada vez mais de sua realidade e se tornava uma obsessão cada vez mais difícil de curar com o passar do tempo.
A sua família estava preocupada, claro, mas o que poderiam fazer?
Foi quando o seu vício chegou em um pouco extremo que eles foram obrigados a agir, com a família concordando que, com todos os desatres ocorridos nas vidas pessoais de cada um, o melhor a se fazer seria recomeçar tudo em uma nova cidade, afinal, todos merecem um recomeço.

[color=#006699][b]Ponto Fraco/Medo:[/b]
[/color]
[i][font=Courier New]
[size=13][color=#990000]“To want is to have a weakness.”
― Margaret Atwood, The Handmaid's Tale[/color][/size][/font]

-Tem a tendência de fugir de seus problemas, às vezes da maneira mais literal o possível, por ter medo de que as coisas deem errado;
-Sofre de Aracnofobia e Clourofobia;
-Ama demais a sua família e amigos, eles são o seu maior ponto fraco (Principalmente as irmãs.)

[color=#006699][b]Nacionalidade:[/b]
[/color]
[font=Courier New]
[size=13][color=#990000] No quote, sorry q
-me (?)[/color][/size][/font]

Inglesa

[color=#006699][b]Imagem:[/b][/color]
[spoiler="Luna"][img]https://i62.servimg.com/u/f62/19/19/85/14/mkm10.png[/img]
[img]https://i62.servimg.com/u/f62/19/19/85/14/26551410.jpg[/img][/spoiler]

[color=#006699]
[b]Extras:[/b][/color]

-Passou algum tempo se recuperando de seu vício em Video games.
Atualmente ela tem inserido jogos lentamente a sua vida novamente, e apesar de ainda gostar muito de jogar encontrou outras atividades que ocupam o seu tempo;

-Tem dois Sugar Gliders (Rupaul e Jujubee) e um gato preto (Jiji);

-Suas bandas favoritas são Panic!At the disco, Little mix e Gorillaz;

-Geralmente é a irmã esquecida, mas não liga pra isso;

-É um projeto de Peggy q

-Luna ama literatura, música e teatro, são suas maiores paixões. [/color][/i][/i][/center]
[i]
[i]
[/spoiler][/i][/i]


Última edição por LunaTheCookie em Dom Dez 31, 2017 5:07 pm, editado 3 vez(es)
avatar
LunaTheCookie
Bela dama
Bela dama

Mensagens : 182
Data de inscrição : 15/04/2015
Idade : 14
Localização : Gallifrey

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG]Sweet Love

Mensagem por BlackChoco em Dom Dez 31, 2017 5:24 pm


❝ᴬ ᵗᵒᵃˢᵗ ᵗᵒ ᵗʰᵉ ᵍʳᵒᵒᵐ﹗⁽ᵀᵒ ᵗʰᵉ ᵍʳᵒᵒᵐ﹗⁾
ᴬ ᵗᵒᵃˢᵗ ᵗᵒ ᵗʰᵉ ᵇʳᶦᵈᵉ﹗⁽ᵀᵒ ᵗʰᵉ ᵇʳᶦᵈᵉ﹗⁾
ᶠʳᵒᵐ ʸᵒᵘʳ ˢᶦˢᵗᵉʳ⁽ᴬᶰᵍᵉᶫᶦᶜᵃ⁾
ᵂʰᵒ ᶦˢ ᵃᶫʷᵃʸˢ ᵇʸ ʸᵒᵘʳ ˢᶦᵈᵉ⁽ᴮʸ ʸᵒᵘʳ ˢᶦᵈᵉ⁾
ᵀᵒ ʸᵒᵘʳ ᵘᶰᶦᵒᶰ⁽ᵀᵒ ᵗʰᵉ ᵘᶰᶦᵒᶰ﹗ᵀᵒ ᵗʰᵉ ʳᵉᵛᵒᶫᵘᵗᶦᵒᶰ﹗⁾
ᴬᶰᵈ ᵗʰᵉ ʰᵒᵖᵉ ᵗʰᵃᵗ ʸᵒᵘ ᵖʳᵒᵛᶦᵈᵉ⁽ʸᵒᵘ ᵖʳᵒᵛᶦᵈᵉ⁾
ᴹᵃʸ ʸᵒᵘ ᵃᶫʷᵃʸˢ⁽ᴬᶫʷᵃʸˢ⁾
ᴮᵉ ˢᵃᵗᶦˢᶠᶦᵉᵈ❞

Ficha oficialmente aceita,
Tópico será atualizado com a ficha <3

❝ᴴᵃᶰᵈˢᵒᵐᵉ, ᵇᵒʸ, ᵈᵒᵉˢ ʰᵉ ᵏᶰᵒʷ ᶦᵗ﹗
ᴾᵉᵃᶜʰ ᶠᵘᶻᶻ, ᵃᶰᵈ ʰᵉ ᶜᵃᶰ'ᵗ ᵉᵛᵉᶰ ᵍʳᵒʷ ᶦᵗ﹗
ᴵ ʷᵃᶰᶰᵃ ᵗᵃᵏᵉ ʰᶦᵐ ᶠᵃʳ ᵃʷᵃʸ ᶠʳᵒᵐ ᵗʰᶦˢ ᵖᶫᵃᶜᵉ
ᵀʰᵉᶰ ᴵ ᵗᵘʳᶰ ᵃᶰᵈ ˢᵉᵉ ᵐʸ ˢᶦˢᵗᵉʳ'ˢ ᶠᵃᶜᵉ ᵃᶰᵈ ˢʰᵉ ᶦˢ
ᴴᵉᶫᵖᶫᵉˢˢ
ᴬᶰᵈ ᴵ ᵏᶰᵒʷ ˢʰᵉ ᶦˢ
ᴴᵉᶫᵖᶫᵉˢˢ
ᴬᶰᵈ ʰᵉʳ ᵉʸᵉˢ ᵃʳᵉ ʲᵘˢᵗ
ᴴᵉᶫᵖᶫᵉˢˢ
ᴬᶰᵈ ᴵ ʳᵉᵃᶫᶦᶻᵉ
ᵀʰʳᵉᵉ ᶠᵘᶰᵈᵃᵐᵉᶰᵗᵃᶫ ᵗʳᵘᵗʰˢ
ᴬᵗ ᵗʰᵉ ᵉˣᵃᶜᵗ ˢᵃᵐᵉ ᵗᶦᵐᵉ
''ᵂʰᵉʳᵉ ᵃʳᵉ ʸᵒᵘ ᵗᵃᵏᶦᶰᵍ ᵐᵉ﹖''
''ᴵ'ᵐ ᵃᵇᵒᵘᵗ ᵗᵒ ᶜʰᵃᶰᵍᵉ ʸᵒᵘʳ ᶫᶦᶠᵉ''
''ᵀʰᵉᶰ ᵇʸ ᵃᶫᶫ ᵐᵉᵃᶰˢ, ᶫᵉᵃᵈ ᵗʰᵉ ʷᵃʸ''❞


avatar
BlackChoco
Bela dama
Bela dama

Mensagens : 242
Data de inscrição : 14/04/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG]Sweet Love

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum